sábado, 3 de março de 2012

Eu posso!


Desafios são convites. Ou eu apenas sou "do contra", como quiser. Fato é que quando alguém diz "Não faça isso!" é quando mais dá vontade de fazer.
Assim é, ou devia ser, todo o resto. Se eu puder, do alto dos meus inexperientes 23 anos, dar algum conselho, aí vai: Seja "do contra".
Ninguém tem o direito de lhe dizer que você não pode fazer algo. Se o disserem, faça! Faça para mostrar que você pode sim, não apenas para desafiar alguém, porque, no fim, o mais importante é desafiar a si mesmo.
Me diga que não vou conseguir, garanto que consigo. Posso até falhar... Uma, duas, mil vezes... Se na milésima não der certo, continuarei tentando. Se fosse meu o dever de editar o "Aurélio", tiraria a palavra "desistir" e seus derivados desse dicionário.
Só quem pode dizer o que você pode ou não, deve ou não, consegue ou não, é você mesmo. Cada um sabe dos seus limites. E desde que não prejudique alguém, esse limite pode até não existir.
Viver sem limites não é rebeldia, mas superar suas próprias limitações a cada dia.

W.A.M.

2 comentários:

Anônimo disse...

Ansioso pelo que virá! - Bernardo Dracon

•Júnior• disse...

Todo homem toda mulher é uma estrela! \o/