terça-feira, 19 de agosto de 2014

Clique sim para a vida


Todo mundo tem um filme que mudou a vida. Aquele que fez pensar se tinha algo errado e voltar atrás. Tenho vários. Dois me mudaram de verdade. Poderia fazer a pseudo-cult/hipster e citar aqui alguma película de Woody Allen ou de Almodóvar. Não. Quem me transformou foram dois adoráveis idiotas: Jim Carrey e Adam Sandler.
Em "Sim,senhor" Carrey me ensina sobre o poder das palavras. Há três letras em "sim" e em "não", mas uma longa distância entre ambas. Quantos nãos damos na vida sem notar que eles estão sendo dados pra vida? Por preguiça, tristeza ou mesmo comodismo, nos fechamos. Pensamos: "Hoje não". E se não houver amanhã? Dizer sim é viver cada experiência com sua máxima intesidade sem se arrenpender do não se fez.
Pensamento que me levou a outro ponto de Hollywood - e, infelizmente, não foi a calçada da fama: "Click", estrelado por Adam Sandler. O filme passa a vida de um homem comum. Literalmente. Passa. Com um controle remoto universal ele vai pulando os momentos chatos e não se dá conta que está perdendo o melhor. Ele tem opção (SPOILER ALERT)! Volta tudo e vive cada instante, pois sabe que é único. O máximo que pude fazer foi voltar meu próprio filme dentro da minha mente e pensar no que ainda posso perder. Já se deu conta do que já perdeu por medo? Medo de viver, de amar, de ser ridículo, de passar vergonha, de ser amado... Tantos medos bobos.

A vida pode ser espetacular, mas é preciso vivê-la. No controle universal da vida real, só há uma opção: o SIM.

W.A.M.

Nenhum comentário: