terça-feira, 10 de agosto de 2010

Pilotando meu próprio avião


Quem não tem desejos? Sonhos, vontades ou simplesmente caprichos são parte de qualquer ser-humano. Há aqueles que têm até lista, nem que seja mental, do que ainda pretendem fazer na vida. No meu caso, tenho até medo de dar uma olhada nela.

Não que eu me envergonhe das minhas ambições, mas é que elas são altas demais e ficar enumerando-as seria cair do cavalo se não as realizasse. Quer dizer, claro que penso em realizá-las, não me passa um minuto pela cabeça não conseguir, ou pelo menos não tentar. Não tentar seria suicídio mental, ou somente preguiça mesmo. Seria sonhar e ter preguiça de fazer.

Minhas ambições são em sua maioria profissionais. Nunca sonhei em casar. Que? Longe disso! Até namorar atrapalharia minha vida. Radical eu? Talvez um pouco. Ou que seja apenas força de vontade, meu coração pode esperar um pouco.

Há também aqueles que listam o que não fariam de forma alguma. Eu sinceramente, nunca pensei nisso com muito afinco. Já imaginou descobrir todos os seus medos e nem pensar em desafiá-los?

Bom, eu temo voar, mas já o fiz. Não pela altura, não, isso não. Pelo simples fato de eu não estar no controle de algo que não dá errado, mas se der, já era. É, esse calafrio com aviões , insisto nada tem com altura, mas retrata meus dois maiores medos: o de perder o controle da minha própria vida e o de morrer.

Ambos significariam morrer. Deixar sua vida a cabo de alguém - claro que aqui saio do âmbito da aviação e disperso um pouco mais - e perder o auto-controle ou a "auto-suficiência"... seria que nem ficar no escuro total. E disso eu também tenho medo.

Alguns temem altura, extraterrestres, ladrões, empobrecer... enquanto outros sonham em pular de bungee jump, ir à lua, servir à polícia ou simplesmente continuar vivendo.
Eu? Sonho em subir bem alto, mas morro de medo de cair das nuvens.


W.A.M.

2 comentários:

Asas que ultrapassam os limites do Sol disse...

Olá adorei essa imagem que agora te define no blog!
Gostaria de te seguir, adorei seu blog, muito bom!
Hilda Freitas, Belém-

air max nike disse...

Thank you very much for this article!
For a long time I have done exactly what you warn against. This article

was a slap in the face - but a needed one.
That being said, what is the value of an intuitive explanation? Is it to

give a lay person an "ah-ha" moment? Is it good to have SOME

understanding, even if it is "vague and mush?"
nike air max
air max nike
cheap nike air max
air max 2009
air max shoes
air max 90